Realizar sonhos de famílias e dar à mulher
o acolhimento necessário em diversas fases
da vida, esse é nosso objetivo!

A Clínica

Nossa máxima é atender de maneira individualizada todas as necessidades de nossos clientes e oferecer tratamento humanizado a cada um deles num ambiente confortável com estrutura completa para diversos procedimentos.

Equipe

A COSP é composta por uma equipe médica especializada em ginecologia, obstetrícia e outras subespecialidades. Essa equipe é formada por profissionais qualificados e experientes e além disso, contamos também, com a participação de professores da USP e da Unifesp como Consultores Clínicos e Científicos.

Dr.

João

Scaff

Pré-natal de Alto Risco, Cirurgia Ginecologica, Videolaparoscopia e Mastologia

  • Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina de Campos – RJ – 1987
  • Chefe do Setor de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital e Maternidade São Luiz – 1999 – 2017
  • Título de especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela TEGO – FEBRASGO – 2002

Dr.

Kleber

Cassius Rodrigues

Pré-natal de Alto Risco e Cirurgia Ginecológica

  • Formado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo – 1995
  • Título de especialista em Ginecologia pela Universidade Federal de São Paulo – 1999
  • Chefe do Setor de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital e Maternidade São Luiz – 1999 – 2017

Dr.

Fulvio

Basso Filho

Pré Natal Alto Risco, Videolaparoscopia, Histeroscopia e Reprodução Humana

  • Formado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo – 1998
  • Título de especialista em Obstetrícia e Ginecologia pela Santa Casa de São Paulo – 2002
  • Chefe do Setor de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital e Maternidade São Luiz – 2005 – 2017

Dr.

Mario Antonio

Martinez Filho

Pré-natal de Alto Risco, Reprodução Humana, Oncologia Ginecológica e Mamária

  • Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Santo Amaro – OSEC – 1989
  • Título de especialista em Ginecologia pelo Hospital Jaraguá – 1991
  • Chefe do Setor de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital e Maternidade São Luiz – 1994 – 2017
  • Mestre em Ginecologia e Obstetrícia pelo HCFMUSP
  • Mastologista e Oncologista pelo Instituto Brasileiro de Controle ao Câncer – IBCC
  • Speaker do Laboratório Ferring > Formador de Opinião

Ginecologia e Obstetrícia

  • Dra. Fernanda Gabriela Colauto Silva
  • Dr. Fulvio Basso Filho
  • Dr. João Antonio Saraiva Fittipaldi
  • Dr. João Luiz Scaff
  • Dra. Julia Lemos Sampaio
  • Dr. Kleber Cassius Rodrigues
  • Dra. Lucia Maria Martins Zuliani (masto)
  • Dra. Marcela Furlan Margato
  • Dr. Marcio de Qu
  • Dr. Marcio de Queiroz Elias
  • Dr. Marcos Eiji Shiroma
  • Dr. Mariah Lopes Ferreira Barbaro
  • Dr. Mario Antonio Martinez Filho
  • Dr. Rafael Teixeira Belfort Mattos
  • Dr. Suzana Savitci Brochado de Almeida

Cardiologia

  • Dr. Lilton Rodolfo Castellan Martinez

Dermatologia

  • Dra. Mariane Basso

Vascular

  • Dr. Luis Arnaldo Pipino

Nutrição

  • Dra. Luana Friedrich

Agende sua Consulta

Para agendar uma consulta com um dos nossos especialistas, clique no botão abaixo.

Conheça todas as avaliações clínicas e procedimentos cirúrgicos que a COSP oferece:

Acompanhar o pré-natal é garantir o desenvolvimento da gestação, possibilitando um parto saudável para o recém nascido e para a mãe, que embora esteja vivenciando um momento de muita alegria e euforia, pode também estar nervosa e extremamente ansiosa.

A gravidez é encarada de baixo risco quando não é necessário aplicar intervenções de grande complexidade, logo, a gravidez de alto risco geralmente indica a possibilidade de que o parto seja prematuro, a gestação interrompida ou ocorram complicações para mãe e bebê. A saúde da mulher e o histórico familiar são indicativos de uma gravidez de alto risco.

A medicina fetal é uma área da obstetrícia e ginecologia que reúne os cuidados com a saúde da mãe e do feto antes, durante e logo após a gravidez.

Médicos desse ramo são especialistas em gravidez de alto risco e sempre estão preparados para auxiliar casos que fogem da rotina.

As consultas ginecológicas são imprescindíveis para a prevenção de doenças e cuidado da saúde sexual e reprodutiva da mulher.

Para a mulher se prevenir, é necessário realizar exames ginecológicos regulares, mesmo quando não estiver sentindo nada. A prevenção consiste em realizar exames mesmo que não apresente sintomas.

A maioria das mulheres espera que o ginecologista preste tanto os cuidados de saúde ginecológica como algumas outras orientações de saúde geral.

A grande intenção da ginecologia endócrina é acompanhar a mulher em todas as fases da vida, procurando sempre escutar suas queixas e oferecer qualidade de vida.

Esta ramificação da ginecologia avalia os sintomas e trata doenças que atingem mulheres desde a adolescência até a idade senil, portanto, vem conquistando cada vez mais espaço na medicina moderna, surpreendendo a saúde, bem-estar e longevidade de todas as mulheres.

A mastologia é a especialidade médica que cuida dos estudos e tratamentos das patologias que acometem as mamas. Inclui tanto as doenças benignas quanto as malignas.

Diante de qualquer suspeita ou diagnóstico de quaisquer alterações nas mamas, devemos recorrer ao mastologista.

Infertilidade conjugal pode ser definida como a ausência de gravidez após 12 meses de relações sexuais regulares sem uso de método contraceptivo.  O diagnóstico de infertilidade geralmente causa impacto negativo na vida do casal, interferindo no relacionamento conjugal. O casal que descobre a infertilidade vê todos os seus sonhos e projetos serem destruídos de forma súbita e isso pode também interferir na vida social.

Diante desse diagnóstico, sentimentos ruins permeiam a vida do casal que precisa imediatamente de acompanhamento para encarar o problema e procurar solução com profissionais especializados e qualificados.

Sexologia é a área do conhecimento que trata da sexualidade humana em suas mais variadas nuances e sob inúmeros questionamentos.

Ela aborda temas não necessariamente do ato sexual em si, mas sobre a sexualidade e tudo que a envolve, como fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais.

A videolaparoscopia é uma técnica que pode ser utilizada tanto para diagnóstico quanto para tratamento. Ela é uma técnica cirúrgica minimamente invasiva muito utilizada em reprodução humana para diagnosticar e tratar doenças que acometem os órgãos da região pélvica.

videolaparoscopia também permite o diagnóstico de malformações e de outras doenças que se manifestam nesta região, como miomas, e pode detectar a obstrução das trompas.

A oncologia ginecológica é uma especialidade responsável pelas ações preventivas, diagnósticas e pelo tratamento clínico ou cirúrgico das neoplasias malignas do órgão genital feminino.

Mulheres com câncer ginecológico que recebem tratamento através de um Ginecologista Oncológico apresentam melhor prognóstico e isso é fundamental, pois o câncer ginecológico tem uma alta incidência e é causa relevante de morbidade e óbitos no Brasil e no mundo.

O diagnóstico do câncer ginecológico é complexo e requer um profissional capacitado, com conhecimentos específicos sobre a fisiopatologia, biologia tumoral, patologia, radioterapia e quimioterapia, além de habilidades cirúrgicas avançadas.

Histeroscopia é um exame ginecológico que tem por objetivo a visualização interna do útero para ajudar o médico a diagnosticar possíveis lesões, como pólipos ou adesões. Neste exame um tubo chamado histeroscópio com aproximadamente 10 milímetros de diâmetro é inserido através da vagina no colo do útero, onde este tubo contém uma fibra óptica que transmite luz, permitindo a visualização da cavidade do útero.

A ida ao ginecologista nesta faixa etária é principalmente de caráter preventivo, apenas uma tentativa de proteger a paciente de doenças futuras. O ginecologista que atende crianças e adolescentes precisa, primeiramente, entender as dificuldades do primeiro contato com a intimidade, passando segurança para a paciente se sentir segura e confiante diante de uma realidade que ela vai passar a vivenciar com certa frequência.

Dialogar, investigar, instruir, opinar, indicar e escutar é super importante nesse primeiro encontro, pois o ginecologista é um médico que vai acompanhar a paciente pelo resto de sua vida.

O vírus HPV infecta pele ou mucosas orais, genitais ou anais de homens e mulheres. A infecção pelo HPV é assintomática na maioria das pessoas. Em alguns casos, o HPV pode ficar latente de meses a anos, sem manifestar sinais.

O HPV é uma das DST’s – Doenças Sexualmente Transmissíveis mais comuns do mundo e a principal causa de câncer de colo de útero. A doença nem sempre causa consequências graves, mas é preciso estar em alerta.

Os sintomas são tratados com remédios, mas não é capaz de proporcionar a eliminação do vírus. Por isso, mesmo que desapareçam as lesões, o vírus segue presente no organismo, podendo ser transmitido para outras pessoas por meio da relação sexual exposta.

A endometriose é uma doença crônica que algumas vezes causa dor. Não sabemos precisamente quantas mulheres têm endometriose, pois geralmente o quadro pode ser diagnosticado apenas pela visualização direta do tecido endometrial.

Os sintomas comuns incluem dor pélvica e ciclos menstruais com dores intensas, mas algumas mulheres que sofrem com a doença são assintomáticas. Por isso, visite o seu ginecologista e exclua todas as possibilidades de descobrir o problema tardiamente, pois embora a endometriose seja incurável, você elimina parte das consequências acarretadas pela doença.

Climatério é uma fase da vida da mulher caracterizada por redução gradativa da produção hormonal dos ovários, correspondendo à transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva.

A terapia de reposição hormonal ameniza os sintomas físicos, psíquicos e ginecológicos do climatério, além de funcionar como prevenção contra a osteoporose e possibilitar uma melhor qualidade de vida para as mulheres.

Os contraceptivos são as principais ferramentas de planejamento familiar. Para saber qual método adotar, a mulher deve seguir as orientações de um médico, que levará em consideração suas características individuais, o perfil da paciente e também possíveis doenças associadas que ela possa ter. Por se tratar de métodos que possuem hormônios precisam de orientação.

Os implantes são cápsulas ou bastões que são posicionados sob a pele, onde liberam hormônios para inibir a ovulação e modificar o muco cervical. Normalmente eles são colocados por um profissional na parte interior do braço, um pouco acima do cotovelo na posição vertical. Os implantes podem ficar inseridos no braço da mulher por até três anos. Após esse período, ele deverá ser removido.

pílula anticoncepcional consiste num método de contracepção que usa hormônios para evitar a ovulação e dessa forma, impedir uma gravidez não planejada. O uso correto dela tem algumas vantagens como, por exemplo, a regulação da menstruação, o combate da acne, a diminuição das cólicas e a diminuição do risco de anemia devido a grandes perdas sanguíneas durante a menstruação, pois quem faz uso da pílula tem um fluxo menstrual reduzido.

 

A injeção anticoncepcional é um método de contracepção que possui em sua composição a combinação de progesterona ou associação de estrogênios, com doses de longa duração. A injeção pode ser mensal ou trimestral, e deve ser aplicada nos glúteos.

A uroginecologia é uma área da ginecologia, responsável por cuidar da região pélvica feminina no que diz respeito às questões urinárias.

Ela estuda órgãos como a bexiga e a uretra, tratando dos possíveis problemas na pélvis, sem deixar de lado a relação de tais partes do corpo com outros órgãos da região, como a vagina, útero, reto, etc. Incontinência urinária, flacidez, infecções, dores pélvicas são alguns dos problemas que podem ser tratados pelo uroginecologista, logo, se você sente algum desconforto nessas regiões, agende uma consulta.

O mioma prejudica o desenvolvimento da gestação e pode até ser, em determinados casos, motivo de aborto. Ele aparece no útero, mais precisamente na parede uterina, geralmente é assintomático e corresponde a 90% dos tumores benignos do trato genital feminino.

Ele aparece por causa de uma desordem hormonal, que forma um nódulo duro e fibroso a partir da própria musculatura do útero. Além disso, fatores genéticos e a lentidão para engravidar também favorecem seu surgimento.

A menstruação irregular não é necessariamente algo ruim e não necessariamente reflete o estado de saúde ou de fertilidade. Muitas coisas podem afetar a menstruação, desde um simples estilo de vida, até problemas mais amplos de saúde. É fundamental consultar um ginecologista para ver se está tudo dentro dos conformes. Se não for um problema médico, é esperado que alguma outra coisa esteja afetando os ciclos menstruais.

Corrimento é uma irritação ou secreção anormal expelida pela vagina, que geralmente possui um odor desagradável. Evite ter problemas mais graves futuramente, consulte seu ginecologista.

 As cólicas são incômodos que a maioria das mulheres enfrenta todos os meses. Normalmente, elas não são sinais de algo ruim, mas sim, um sinal de que o seu corpo está iniciando outro ciclo menstrual saudável. Porém, é bom entender exatamente o que está acontecendo com o seu corpo, daí a necessidade de estar com as consultas e exames atualizados.

Convênios

Agende sua Consulta

Cardiologia

Um cardiologista é especializado no diagnóstico e tratamento de doenças do sistema cardiovascular. O cardiologista fará testes, e alguns deles podem realizar procedimentos, como cateterismo cardíaco, angioplastia ou inserção de marca-passo. As doenças cardíacas se relacionam especificamente ao coração, enquanto

Leia Mais »

Fisioterapia

A fisioterapia é a área da saúde que avalia, diagnostica e trata de lesões e doenças por meios físicos e mecânicos. A fisioterapia geralmente visa reparar e maximizar a força e a mobilidade físicas, embora possa ser usada para tratar

Leia Mais »

Ginecologia

Ginecologia é a área da medicina especializada em saúde da mulher, com foco no sistema reprodutivo feminino. Ela trabalha com uma ampla gama de questões, incluindo obstetrícia ou gravidez e parto, problemas de menstruação e fertilidade, infecções sexualmente transmissíveis (DST’s),

Leia Mais »

Nutrição

A nutrição é a ciência que interpreta os nutrientes e outras substâncias nos alimentos em relação à manutenção, crescimento, reprodução, saúde e doença de um organismo. Inclui ingestão, absorção, assimilação, biossíntese, catabolismo e excreção de alimentos. Uma comida saudável está

Leia Mais »

Obstetrícia

A obstetrícia, assim como a ginecologia, cuida da parte do sistema reprodutivo feminino. Enquanto a obstetrícia lida com a gravidez e seus procedimentos e complicações associados, a ginecologia envolve o tratamento de mulheres que não estão grávidas. O campo da

Leia Mais »

Urologia

Urologistas são especialistas que podem tratar problemas que variam de pedras nos rins a câncer, pois essa especialidade é responsável por tudo sobre o sistema urinário, que inclui rins, bexiga, ureteres (músculos finos que levam urina para dentro da bexiga)

Leia Mais »

Vascular

Cirurgiões vasculares são especialistas altamente treinados para tratar doenças do sistema vascular. Um cirurgião vascular garante que os pacientes com problemas de saúde vascular conheçam e compreendam todas as suas opções. Em resumo, os cirurgiões vasculares podem fazer cirurgia, mas

Leia Mais »

Estamos em um local privilegiado de fácil acesso

Rua Ramos Batista, 198 - Vila Olimpia - São Paulo/SP

A COSP é composta por uma equipe médica especializada em ginecologia, obstetrícia e outras subespecialidades.


Realizar sonhos de famílias e dar à mulher o acolhimento necessário em diversas fases da vida, esse é nosso objetivo!

Nossos Contatos

  • Endereço

Rua Ramos Batista, 198 – Vila Olimpia – São Paulo/SP

  • Telefone

(11) 3045-1311

  • Horário de Funcionamento:

Segunda-Sexta: 09:00-18:00

Para agendar uma consulta com um dos nossos especialistas, clique no botão abaixo.

ou

© Desenvolvido por Agência Saúde e Você. Todos os direitos reservados a Clínica Cosp